Volta ao início Evolução Urbana Histórias Recentes Banco de Imagens
       Vida e Sociedade
       DEPOIMENTOS DE ANTIGOS MORADORES | VELHAS FOTOGRAFIAS


Histórias do Bairro do Recife



Casa de banhos


Casa de banhos A Casa de Banhos ficava nos arrecifes, nas proximidades da antiga Ponte Giratória. Seu construtor foi o Sr. Carlos José de Medeiros. No início do século tornou-se ponto de encontro da sociedade recifense, que para lá se dirigia para tomar banho salgado numa piscina natural existente nos arrecifes, que foi aperfeiçoada pelo construtor da Casa de Banhos, visando à segurança dos banhistas.

A propósito, contornava a piscina um sistema de proteção feito com cabos de aço, que impedia os banhistas caíssem no mar. A Casa de Banhos propriamente dita consistia numa edificação de madeira, onde funcionavam um bar e restaurante.

Tudo nela era de primeira, desde a louça inglêsa personali zada, até ao cardápio primoroso. Por isso, transitava nela a me lhor sociedade da época. festas e bailes carnavalescos eram ali realizados e dentre eles destacou-se a festa oferecida ao sanita rista Dr. Amauri de Medeiros, em 1924.

Os proprietários moravam numa dependência do próprio estabelecimento, até mesmo depois da morte do Sr. Medeiros, que chegou a ter uma filha nascida naquele local, cujo nome não poderia deixar de lembrar as coisas do mar, que a isolava do continente: Marina. O último proprietário da Casa de Banhos foi o inglês Sidney Rhodes, na mão de quem foi incendiada.


Forte do Brum | Arco do Bom Jesus | Matriz do Corpo Santo
Depósito de Bondes | Casa de Banhos | Ponte construída por Nassau
Antiga Ponte do Recife | Ponte Giratória | Rua dos Judeus | Rua Marquês de Olinda

Voltar